terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Críticas Por Detrás de Chained to the Rhythm

chained t the rhythm critica social
Katy Perry> Chained to the Rhytm


Estou amando esse ciclo conceitual do pop. Depois de Beyoncé, Rihanna e Lady Gaga com os respectivos álbuns Lemonade, Anti e Joanne, é chegada a hora da Katy ousar com seu mais novo trabalho que deve sair ainda esse semestre pela Capitol Records. Até lá, conheça Oblivia, o parque de diversões para o clipe de Chained to the Rhythm, e seus brinquedos cheios de críticas veladas capazes de te fazer repensar sobre da afirmação: "música pop é um lixo sem conteúdo". Quer conceito? Então, toma conceito.

Além da Katy Perry e do Skip Marley, neto do Bob Marley, a Sia, o Max Martin e o Ali Payami também trabalharam juntos na composição do single. O clipe, dirigido por Mathew Cullen, saiu nessa manhã e, ao bater o olho, já consegui encontrar algumas críticas, além das já contidas na música. Então vamos lá:

Críticas Por Detrás de Chained to the Rhythm:


1. Love Me: Os assentos separados por gêneros e as pontuações finais extremamente desonestas representam o machismo e a desigualdade ainda muito frequentes. Katy Perry 1 x Preconceito 0.

2. 1984: Pessoas na fila, com expressões robóticas, fingindo uma felicidade inexistente. Todo mundo fingindo que está tudo bem, enquanto que, na verdade, tá todo mundo mal. 1984, além de ser o ano que a Katy Perry nasceu, é também referência ao grande romance distópico de Orwell.

3. The Greatest Ride in the Universe: Pessoas com dispositivos móveis, logo no início, acorrentados à tecnologia e reações do Facebook no ápice da descida da montanha russa representam a futilidade e a sensação de preenchimento pelo mundo virtual. "Living our lives through a lens".

4. The Great American Dream Drop: Pessoas entrando em suas casas e sendo levadas ao céu é uma crítica ao sonho americano (uma bela utopia). "Aren't you lonely up there in utopia?".

5. No Place Like Home/Safe Trip House: Pessoas sendo arremessadas por cima do muro. Oi, Donald Trump.

6. Bombs Away: Bombas sendo arremessadas por brinquedos é uma crítica e tanto para as pessoas que se divertem com as guerras. Estamos perdendo a humanidade aos poucos. Uma pena.

7. Inferno H20: extração de petróleo que está provocando poluição da água ou vendas de bebidas, tais como refrigerantes e sucos, que causam danos à saúde? Ainda não entendi muito bem essa. Na dúvida, vamos considerar as duas.

8. Nuclear Family Show in 3D: Katy Perry vendo o Skip sair da TV e acordando para a realidade, se desacorrentando do ritmo que o mundo segue, foi a conclusão do clipe. Gente, acorda, o mundo está ruindo e a gente tá aqui de boas. Como diria o Luan Vinícios Lovato, o menino do Twitter, tá ruindo e nois fazendo piada na internet é tipo o Titanic afundando e os caras tocando violino. Bora agir.

Minhas Redes Sociais:

4 comentários

  1. que blog bosta. ainda compra seguidores no facebook
    enfia essa loucura que você tem por views no seu cu, viado de merda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo menos a compra de seguidores está dando certo, né? Olha você aqui. Rsrsrsrsrs

      Excluir
  2. e quem disse q eu sigo??? hehe um dos seus amigos estava rindo na sua cara no meu inbox e falando mal do seu blog. vim aqui só afirmar o quanto você é bosta mesmo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se voltou é porque segue. Não percebeu que é exatamente views o que eu quero? Toda vez que você volta para comentar asneiras eu recebo acessos. E fico muito feliz. Seus comentários podem ser apagados e não sobrar nenhum rastro de você no blogue. Ah, estou enganado. Sobram suas visitas. E por isso eu fico muito feliz. Obrigado e volte sempre.

      Excluir