segunda-feira, 2 de março de 2015

Mais um dia

Lua de dia

Estou quase congelando, mas a temperatura ambiente está normal. Meu quarto está uma bagunça, assim como a minha vida, mas não me orgulho disso. Não me orgulho de viver nessa jaula psicológica.

A filarmônica toca o hino nacional na rua de cima. Gritos, sussurros, gemidos, jovens falando de cocaína, uísque e outras drogas nas esquinas, encontrando seu paraíso passageiros, seu inferno derradeiro.

Observo a vida passar através das janelas. As paredes desmoronam em mais um pesadelo. Ranjo os dentes de frio, estou suando, respiro ofegantemente e, então, logo o sol nasce para mais um dia está-tudo-bem.

3 comentários

  1. I love this! Thanks a ton for sharing, gorg! Wishing you the best Monday!

    Hope you can stop by my blog, for a fun little giveaway!

    xo. Nicole

    Evolution of Glam

    ResponderExcluir
  2. Quando li "jaula psicológica" até me arrepiei, acho que é minha condição atualmente. Lindo texto. Tenha uma semana abençoada, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    http://paisagemdejanela.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Tocante! Adorei. Foi você que escreveu? Está super expressivo. Acho que vai ser meio difícil não lembrar dele durante o resto dia. Ficou muito bom mesmo!

    A Canção do Silêncio

    ResponderExcluir